El Chavo Del Ocho, seriado mexicano conhecido no Brasil como Chaves, marcou várias gerações de telespectadores que se divertem com os episódios como se todos eles estivessem passando pela primeira vez. Seu criador, Roberto Gómez Bolaños, é tido como referência no mundo da comédia por unir a simplicidade de personagens caricatos com a inocência de um roteiro escrito para a família se reunir em frente a TV e se divertir com as trapalhadas encenadas pelos atores (igualmente geniais).

Apesar de vir do México, Chaves faz parte da cultura brasileira, tanto que é difícil achar quem não tenha imitado o choro do Quico ou recitado o famoso verso “Volta o Cão Arrependido”, e todos os personagens têm um lugar especial em nossa memória de nostalgia, mas nesse texto vamos focar em um dos mais queridos, o Seu Madruga.

Quais palavras que vêm à sua mente para caracterizar o Seu Madruga? Bêbado? Endividado? Preguiçoso? Sim, mas este ícone não se resume a maus adjetivos. Além de ser pai solteiro, é defensor de sua filha e tem diversos talentos, que foram demonstrados durante os episódios do seriado. Fãs chegam a listar mais de 20 profissões do “Madruguinha”, ainda assim ele seguia desempregado e endividado por não conseguir pagar os aluguéis para Seu Barriga. Mas por que um homem com tantos talentos não conseguiu prosperar?

Primeiro devemos levar em consideração que não é por ter um talento que você não deve se especializar. Buscar ser especialista naquilo que você já faz bem e te traz satisfação é essencial para se destacar dentro de um mercado concorrido. No caso do Seu Madruga, trabalhando como carpinteiro, já levou muitas marteladas no dedo por desconhecer técnicas que vão além de bater com força na ponta de um prego.

Além disso devemos ter em mente que atirar para todos os lados não é uma boa opção na vida fora da ficção. Saber qual o seu nicho e focar nas necessidades que ele possui é indispensável para o crescimento da empresa. E isso se distingue de explorar novos ambientes, o que é algo recomendável para aqueles que ficam cansados de viver na mesma área por muito tempo. Isso liga-se diretamente com a verdade que diz que não podemos agradar a todos, oferecer todo tipo de produto e serviço é o motivo de falência de muitas empresas, e devemos fugir dessa realidade.

O Seu Madruga já explorou muitas áreas, de diretor de peça de teatro a treinador de futebol; de vendedor de quinquilharias a lutador de boxe; mas nenhuma das profissões exerceu com plenitude, justamente por não conseguir decidir qual sua área de atuação e seu público.

Outra coisa muito importante, ainda mais para quem está começando, é saber com quem se aliar. Fazer sociedade não é tarefa fácil e, tomando como exemplo, você se recorda do episódio em que Seu Madruga vira sócio de Dona Florinda, justamente a pessoa que menos o escuta, compreende e respeita? Falando mais detalhadamente, Dona Florinda fazia churros muito gostosos e teve a ideia de vendê-los em frente à vila, mas a tarefa das vendas fica na responsabilidade do Seu Madruga. Como todas pequenas, médias e grandes empresas, tinham chances de dar certo, porém a falta de critérios básicos de diálogo entre sócios não existia entre os dois, o que fez que a empresa falisse no decorrer de apenas 1 episódio.

Por mais absurdo que pareça, isso acontece na vida real. Muito disso está atrelado com a dificuldade de identificar as características que a organização precisa, visto que não necessariamente a pessoa escolhida precisa ser sua amiga ou ter a mesma personalidade que você, mas precisa estar em sintonia quanto aos objetivos da empresa e as ambições para o negócio.

Levando em consideração tudo que foi falado, devemos ter em nossas mentes o pensamento de que não basta ser querido e amado por todos, quando se trata do mercado de trabalho o que vai ser exigido não é ser bom em várias áreas, e sim ser ótimo numa área específica. Seu Madruga continua até os dias de hoje sendo motivo de muitas risadas e momentos alegres, mas continuamos a associá-lo à preguiça e a constante “evitação de fadiga”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *